Assessorados

Clínica de urologia de Taubaté informa para o combate da sífilis na região

A Clínica de Urologia Renos informa para o combate da Sífilis na Região Metropolitana do Vale do Paraíba. No próximo dia 17 é o Dia Nacional de Combate à Sífilis e à Sífilis Congênita, conforme Lei nº 13.430/2.017, com objetivo de estimular a participação dos profissionais e gestores de saúde e enfatizar a importância do diagnóstico e do tratamento adequado da sífilis na gestante durante o pré-natal e da sífilis em ambos os sexos como doença sexualmente transmissível.

Sífilis, ou Lues, é uma infecção causada pela bactéria Treponema pallidum. É curável e exclusiva do ser humano, tendo como principal via de transmissão, o contato sexual, seguido pela transmissão para o feto durante o período de gestação de uma mãe com sífilis não tratada ou tratada inadequadamente. Também pode ser transmitida por sangue contaminado.

A sífilis é transmitida por meio das relações sexuais desprotegidas, sangue ou produtos sanguíneos (agulhas contaminadas ou transfusão com sangue não testado), da mãe para o filho em qualquer fase da gestação ou no momento do parto (sífilis congênita) e pela amamentação.

No Brasil em 2019 foram registrados 67.301 diagnósticos, sendo que 59,8% em homens e 40,2% em mulheres. Em gestante foram diagnosticados 25.794 casos da doença.

Nas cidades da região houve uma queda, em Taubaté no ano de 2018 foram 240 casos e em 2019 foram 80. Em gestantes 89 foram infectadas, já em 2019 somam 35 casos.

Em São José dos Campos foram 737 em 2019 e 217 casos em 2018. Em gestantes foram registrados 205 casos em 2018 e 53 em 2019.

Os dados são do Ministério da Saúde pelo link http://indicadoressifilis.aids.gov.br/.

De acordo com o urologista Dr. Luiz Carlos Maciel a incidência dessa doença é maior porque as mulheres realizaram exames de rotina e consequentemente o diagnóstico é mais frequente e com isto o controle e prevenção contribuem com a redução de casos neste grupo.

Na visão do médico, o diagnóstico precoce e as campanhas informativas são as principais estratégias para diminuir o número de contágio. “Diagnóstico e tratamento precoce do paciente e seus contactuantes, e campanhas informativas constantes, é o que pode reduzir drasticamente os casos de sífilis,” diz Dr. Maciel.

 Os sinais e sintomas da sífilis variam de acordo com o estágio da doença, que se divide em: sífilis latente, primária, secundária, terciária e congênita.

A Sífilis Congênita é a infecção transmitida da mãe para o bebê e pode ocorrer em qualquer fase da gravidez. O risco é maior para as mulheres com sífilis primária ou secundária. A sífilis materna, sem tratamento, pode causar má-formação do feto, aborto espontâneo ou mesmo a morte fetal. Na maioria das vezes, porém, o bebê nasce aparentemente saudável e os sintomas aparecem nos primeiros meses de vida: pneumonia, feridas no corpo, alterações nos ossos e no desenvolvimento mental, surdez e cegueira.

O tratamento é feito com antibióticos e deve ser acompanhado com exames clínicos e laboratoriais para avaliar a evolução da doença e estendido aos parceiros sexuais. Nas formas mais graves da doença, como na fase terciária, o não tratamento adequado pode levar à morte.

O uso de preservativos (tanto femininos como masculinos) durante todas as relações sexuais (inclusive anais ou orais) é a maneira mais segura de prevenir a doença; o acompanhamento das gestantes e dos parceiros sexuais durante o pré-natal contribui para o controle da sífilis congênita.

O exame pode ser realizado em teste rápido, disponível gratuitamente pelo Sistema único de Saúde.

SOBRE A CLÍNICA DE UROLOGIA RENOS

Pioneira em Taubaté, a clínica de Urologia Renos foi inaugurada em 02 de maio de 1999 com o propósito de oferecer tratamento a doenças do trato urinário de homens, mulheres e crianças, tanto clínicas como cirúrgicas, e os cuidados com a saúdemasculina.

Atualmente o corpo clínico é formado pelos médicos urologistas Frederico Vilela de Oliveira, Luiz Carlos Maciel, Alberto Kalil Kobbaz, Gustavo Notari de Moraes, Alcedir Raiser Lima e Bruno Simão Rodrigues, todos são membros titulares da Sociedade Brasileira de Urologia – SBU com devida especialização em Urologia.

Sobre Dr. Luiz Carlos Maciel

Luiz Carlos Maciel concluiu a graduação em Medicina pela Universidade de Taubaté em 1993.

Cumpriu programa de residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário de Taubaté entre fevereiro de 1994 e janeiro de 1996, e residência médica em Cirurgia Urológica no Hospital Ipiranga-SP entre fevereiro de 1996 e janeiro de 1998. Cumpriu estágio em Transplante Renal no InstitutoDante Pazzanese de Cardiologia no ano de 1997. Mestre e Doutor em Ciências da Cirurgia pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual deCampinas. Atualmente é Professor da disciplina de Urologia do Departamento deMedicina da Universidade de Taubaté. Membro Titular da Sociedade Brasileira deUrologia, Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e Membro Internacional daAssociação Americana de Urologia. Linha de pesquisa em Epidemiologia aplicada àUrologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *