Blog

Público-alvo x persona, saiba como definir.

Quando criamos um negócio ou um produto é importante ter em mente para quem irá vender. Você tem isso claro, como água cristalina saindo da fonte?

É importante que você saiba exatamente para quem você vai vender e tenha uma projeção do seu negócio/produto. É aí que entra a definição do público-alvo.

O público-alvo é um grupo específico de possíveis clientes, sejam pessoas ou organizações, que possuem características em comum para que você possa direcionar melhor sua equipe de marketing e vendas a partir de uma melhor conexão com seus futuros clientes e, consequentemente, obter melhores resultados.

Antes da Era Digital, o mínimo de informações era suficiente como gênero, idade e localidade. Com o surgimento do Marketing Digital somente essas informações já não são suficientes. Quanto mais informações você conseguir obter do seu público-alvo, melhor será sua estratégia de marketing.

Mas, como é que eu consigo essas informações? Através de pesquisas é possível montar formulários online para pesquisas de múltiplas escolhas e aumentar seu número de respostas.

Antes de sair por aí entregando formulários se faz necessário algumas estratégias. Responda com sinceridade duas questões:

1 – Qual problema o meu produto/serviço consegue resolver?

2 – Sabendo o problema que eu consigo resolver, quais são as pessoas que se importam com esse problema?

A partir do momento que você sabe quem são essas pessoas você deve pensar em algumas informações sobre elas, como: Idade; Sexo; Formação; Poder aquisitivo; Classe Social; Localização, etc.

Pesquise mais sobre o seu futuro cliente em fontes de interesse em comum, por exemplo: eu quero vender um produto para empreendedoras é válido saber quantas mulheres são empreendedoras no Brasil, como elas se comportam, etc.  

Agora que já definimos o público-alvo, agora vamos estudar o comportamento desses consumidores. E é daí que surgiu a criação da persona.

Persona é a representação fictícia do seu cliente ideal. Ela é baseada em dados reais sobre comportamento e características demográficas dos seus clientes. Apresenta, também, uma criação de suas histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações.

Quando conhecemos o comportamento do nosso público-alvo, entendemos as suas emoções, dores e prazeres e fica muito mais fácil oferecer exatamente o que o ele precisa.

Aqui na KG7 Comunicação, nós fazemos sempre uma entrevista com os nossos futuros clientes, identificamos o principal problema do cliente, aonde ele quer chegar e entendemos como podemos ajudá-lo, oferecendo exatamente aquilo que ele precisa no momento.

Antes de iniciar a criação da persona identifique se o seu cliente é B2C ou B2B.

B2B (Business to Business): são as empresas que vendem produtos ou prestam serviços para outras empresas, pessoas jurídicas.

B2C (Business to Consumer): são empresas que vendem produtos ou prestam serviços para o consumidor final, pessoas físicas.

A dica para você criar a sua persona é descobrir os hábitos de consumo, rotina na vida pessoal e profissional e a relação que o cliente tem com a sua empresa/ou produto.  

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário e compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *